1 y - Traduzir

Abrasel Nacional e Abrasel na RMC debatem a reforma tributária com deputado federal nesta quinta.

O governo federal apresentou no último dia 21 de julho a primeira parte da esperada reforma tributária, assunto de grande importância para a economia e os empresários brasileiros. A versão entregue ao Congresso Nacional prevê a criação da Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), um imposto do tipo valor agregado (IVA), em substituição ao Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) e ao Financiamento da Seguridade Social (Cofins), que deverão ser extintos.

O atual sistema tributário brasileiro, composto por uma série de legislações, regimes e tributos, é um dos mais complexos do mundo, causando insegurança aos empresários e investidores, além de considerado um dos mais caros do mundo. Desde a Constituição de 1988, mais de 5,4 milhões textos normativos já foram editados e publicados, uma média de 769 normas por dia útil, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Tudo isso exige que o contribuinte, principalmente pessoa jurídica, deva ficar atendo se as normais aplicam-se ou não em sua empresa.

A reforma é um tema importante, ainda mais nos dias atuais, com a crise econômica deflagrada pela pandemia. O Brasil, que já discutia a importância de uma reforma ampla há mais de uma década, deve se preparar para enfrentar a retomada das atividades, dentro de um panorama de segurança jurídica e sem grandes barreiras.

Para discutir e conhecer um pouco mais sobre o que pensam deputados federais, senadores e os empresários e quais os seus impactos para o setor de Alimentação Fora do Lar, o deputado federal Alexis Fonteyne, do Partido Novo, vai conversar nesta quinta-feira, dia 6, com Paulo Solmucci, presidente nacional da Abrasel e Matheus Mason, presidente da Abrasel RMC.

A live, programada para começar às 19, será importante para que os empresários do setor fiquem por dentro dessa discussão, para que eventuais aumentos de cargas tributárias sejam contestadas antes da aprovação da reforma.

Você, empresário do setor, poderá acompanhar a live e tirar suas dúvidas através da página do facebook, através do endereço https://www.facebook.com/alexisfonteyne30/

NÃO PERCA!

image