ALIMENTO SEGURO - TIPOS DE RISCOS

Comentários · 254 Visualizações

A alimentação é uma atividade básica em nosso dia a dia e tem uma importância fundamental em nosso organismo. Para isso, o alimento além de ser nutritivo e estar com ótima aparência, odor e sabor, o alimento deve ser SEGURO.

Você já se perguntou: Por que nos alimentamos?

A alimentação é uma atividade básica em nosso dia a dia e tem uma importância fundamental em nosso organismo. Os carboidratos (pães, milho, cereais...) tem a função de nos fornecer energia, é responsável de nos oferecer o “combustível” para “fluir” o nosso dia. Afinal, já ouviu aquela expressão “meu dia só inicia após o desjejum”? As proteínas são responsáveis da construção e manutenção dos nossos músculos. Os lipídios são considerados por muitos como “vilão da dieta”; no entanto, eles também tem a função de fornecer energia. Além disso, os lipídios tem a maior responsabilidade em manter temperatura corporal, transporte de vitaminas lipossolúveis (A,D,E E K), colaboram para a formação dos hormônios, dentre outras funções. Sendo assim a alimentação tem como principais finalidades a nutrição e manutenção do organismo. Para isso, além de ser nutritivo e estar com ótima aparência, odor e sabor, o alimento deve ser SEGURO.

Você já parou para pensar o que seria um alimento seguro?

Alimento Seguro é aquele que não oferece nenhum tipo de perigo/risco à saúde e a integridade do consumidor. Perigo são todas as situações, objetos ou serviços que possam causar danos à saúde e/ou integridade física do indivíduo, podendo ser físico (pedra, parafusos entre outros), químico (produtos sanitizantes) ou biológico (microrganismos). Vamos para alguns exemplos:

Situação 1: Exposição prolongada do alimento em solução clorada durante a sanitização...
Tipo de Perigo: Químico. O alimento exposto por um período prolongado na solução clorada ele pode ocasionar uma intoxicação ao cliente.

Situação 2: Uma pedra no feijão oferecido ao cliente...
Tipo de Perigo: Físico. O cliente poderia quebrar um dente ou engasgar uma criança.

Situação 3: Fio de cabelo no prato servido...
Tipo de Perigo: Biológico. Os cabelos possuem microrganismos que podem ocasionar doenças transmitida pelo alimento.

O alimento se torna inseguro por falhas ou negligências durante o processo de manipulação dos alimentos. Para evitar tais situações, é de grande relevância o treinamento periódico aos manipuladores de alimentos com o objetivo de minimizar qualquer tipo de risco aos clientes, além da implementação das boas práticas em manipulação de alimentos.

Comentários